Você está velho demais para mudar de profissão!

Em qualquer momento da vida as opiniões podem mudar. Hoje, com muitas informações sendo expostas a todo o momento é comum mudarmos de comportamento rapidamente. Embora possa ser visto como algo volátil, não é bem esse o significado desta vontade de mudança, pelo contrário, significa CORAGEM.

Há muitas décadas que as pessoas vivem aprisionadas dentro de um sistema que obriga a tomar decisões básicas pautadas na vida de outras pessoas. As pessoas são iguais? Sabemos que não! Então por que temos de seguir os mesmos caminhos? Estudar, escolher uma profissão, casar, ter filhos e se aposentar.

Nem todos se encaixam neste formato de vida, poderia ser pontuada que talvez ninguém se encaixe, mas devido às obrigações da sociedade acabamos condicionados a fazer o que está pré-determinado pelas regras da “vida”.

Tomar decisões que saiam do comum podem ser vistas como loucura, ousadia e outros adjetivos que encontrarão para contestar seu desejo. O que acontece é que poucos têm a coragem de seguir seu instinto, suas vontades e aqueles que possuem a atitude de ir atrás daquilo que desejam serão taxados de “loucos”.

Não há problemas em seguir a rotina da vida, mas quando ela começar a ser desgastante e não mais suprir as necessidades pessoais que um trabalho deve render é o momento de começar a repensar.

O repensar pode levar a soluções que nunca antes imaginou que poderia seguir por tal caminho, analisar o seu trabalho, sua rotina, enfim todos os aspectos da sua profissão é um sinal de desejo de mudança e os desejos devem ser atendidos. Só temos uma vida para viver e não é saudável viver aprisionado para seguir pelo seguro.

É claro que qualquer ação a ser tomada deve ser antes estudada, mas nunca simplesmente descartada sem se quer dar uma atenção para perceber quais podem ser as chances de dar certo.

Existe idade para a mudança?

O que muitos pensam é que estabilidade é a chave para o sucesso. Se a pessoa conseguiu um emprego e está estável nele há anos, isso já basta! Não é bem assim. A necessidade do ser humano vai além das questões básicas de sobrevivência.

Todas as pessoas possuem uma inquietude, mas a diferença que acontece é que muitos deixam esta inquietação adormecida em espaços no cérebro para não ser incomodada e não ter que pensar muito e sair da sua zona de conforto.

A idade não é um fator que possa impedir mudanças. Então, por que mudar quando é mais velho pode ser considerado insano? A resposta é bem simples: pela falta de coragem das outras pessoas.

Durante toda a história da humanidade os gênios foram considerados loucos por suas invenções serem algo que ninguém havia pensado ou tido a coragem de fazer. Pensemos no avião, muitos duvidavam daquela tecnologia e riam daqueles que tentavam fazer algo para que conseguisse um dia voar. Certamente hoje não estariam mais rindo.

É que a mudança assusta quem está mudando e quem não tem coragem de mudar. Na verdade não é que assusta, mas incomoda. Nada é mais incômodo do que ver alguém fazendo algo que você não tem coragem de fazer.

A idade não pode ser um critério para ser levado em conta no momento da mudança. Mesmo que os tempos tenham mudado, mesmo que a sociedade se comporte diferente, o ser humano é adaptável movido por um tipo de combustível, o mais potente: A VONTADE DE APRENDER.

Ter realmente vontade de aprender e se jogar de cabeça no novo plano, na nova graduação, na nova profissão, se tiver realmente vontade de aprender e evoluir, o sucesso será rapidamente alcançado junto da satisfação pessoal em ter feito o que de verdade gostaria de fazer.

Muito tempo na mesma profissão, como abandonar tudo?

O conforto de um trabalho que você já sabe como tudo funciona sem muitas novidades pode ser tentador para muitas pessoas e levar a certo comodismo diante da situação. Não é algo incomum, muitos consideram a segurança e inibem a sua vontade de tentar algo novo.

Esse conforto ao passar dos anos, para muitas pessoas pode começar a incomodar e causar uma espécie de insatisfação com o que se faz. Não é incomum, apenas são poucos os que têm coragem para deixar aflorar o sentimento de mudança.

A primeira coisa que você deve pensar é que o que realmente vale na vida é nosso dia a dia, a passagem por essa vida. Não é a linha de chegada que devemos almejar, pois a única certeza que temos é a da morte, mas sim o processo de viver. Então, se surgiu em você a vontade de mudar, ela deve ser respeitada e incentivada para que possa atingir um auge de satisfação pessoal.

A segurança que a sua profissão oferece pode inibir a vontade de largar tudo e recomeçar, mas o que deve ser pensado é que o que nos move é justamente o desafio de vencer novos obstáculos. Não fuja, enfrente!

A decisão de mudar de profissão

Depois de muito analisar, de pensar nos benefícios que um novo desafio pode trazer para a sua vida, revitalizar o que estava adormecido, a decisão é tomada: MUDAR DE PROFISSÃO.

O fator idade já foi descartado, pois não interfere diretamente nas questões de sucesso. Embora muitos mercados possam preferir os mais jovens, outros segmentos preferem os mais sábios, acreditam na sua força de vontade e experiência de vida. Há lugar para todo mundo, só é preciso persistir de forma determinada para realizar as conquistas.

Depois da decisão é o momento de começar a pensar nos passos que irá tomar, como qual curso de graduação escolher, qual carreira seguir e assim traçar um plano e começar a executa-lo.

O momento de recomeçar

É claro que o medo estará presente neste momento de transição, faz parte, tudo que nos faz sair da zona de conforto pode trazer desconfiança e insegurança. É um processo normal quando estamos realizando mudanças em nossa vida.

Recomeçar dá aquele frio na barriga, uma ansiedade em saber como tudo vai terminar, mas não deixe o nervosismo te dominar. Você deve ter paciência e curtir esta nova fase da sua vida. Saiba que dificuldades virão com certeza e terá de enfrentar com a garra e determinação que sempre encarou a vida e assim irá superar cada desafio.

É importante que saiba entender que sua condição agora é de aprendiz, saber respeitar isso é um passo importante para ganhar o respeito das pessoas e assim ter ainda mais conquistas na sua nova jornada.

Procure se envolver com pessoas que sabem sobre o assunto e mostre-se disposto a aprender, nada cativa mais as pessoas do que alguém com muita força de vontade. Lidar com as informações novas e os diferentes conhecimentos que terá de aprender é essencial para que não se frustre logo de começo.

Não queira saber tudo, está só começando. Basta refletir se na sua antiga profissão as coisas começaram fáceis, sem dificuldades. Todo começo é assim e por isso é necessário ter paciência com o seu tempo de aprender. Cada um aprende ao seu tempo variando com a idade e personalidade de cada um, não se julgue e não se subestime.

Enfrentar o desafio da nova faculdade

Para termos uma ideia de que não é uma atitude assim tão absurda enfrentar um novo curso de graduação, no ano de 2013 o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) apresentou no perfil dos candidatos cerca de 627.675 pessoas com mais de 35 anos, aproximadamente 9% dos candidatos.

Percebe-se que a busca por uma nova profissão não é assim algo tão singular, pelo contrário, as pessoas estão ficando mais corajosas para enfrentar novos desafios. As oportunidades estão surgindo, basta estar atento para não perder a sua chance de uma faculdade nova.

Alguns desafios já conhecidos, caso tenha feito outra graduação, terão de ser novamente enfrentados. Isso não será necessariamente uma dificuldade, mas é aquele processo de toda graduação, provas, trabalhos, seminários, trabalho de conclusão de urso. Mas nada que com estudo e dedicação não possa ser superado.

Matérias novas para estudar

Como já explicitamos aqui o desafio da mudança está no NOVO. O que é diferente daquilo que já conhecemos pode despertar ainda mais o nosso interesse. As matérias serão diferentes, a metodologia também, então esteja preparado para enfrentar o novo em tudo.

Se tiver medo de não acompanhar o conteúdo pelo tempo que está sem estudo em um ritmo de faculdade, não se preocupe, busque maneiras de reforçar o conteúdo por fora da faculdade. Faça os trabalhos sempre com muita dedicação sem delegar funções que não consegue executar. Só irá aprender se estiver disposto a enfrentar suas dificuldades.

Não tenha medo de dizer que não entendeu, é obrigação dos professores esclarecer a sua dúvida. E não precisa se preocupar tanto, certamente aparecerão pessoas dispostas a ajudar, vai de você ser humilde aceitar de bom grado.

Faixa etária diversificada

Outro desafio é lidar com pessoas de idades diferentes, comparando com os outros obstáculos este é o mais simples de superar. Em geral os jovens gostam de pessoas mais experientes para dar palpites certeiros e participar nas decisões importantes nos rumos dos trabalhos e projetos.

Pensar que está velho demais para a garotada da faculdade é um pensamento que deve ser descartado. Hoje, as universidades não trabalham com um único tipo de público. A heterogeneidade das turmas é sempre assim, bem diversificada. Então não há motivos para ter vergonha ou alguma inibição acerca da sua idade, haverá muitos da sua idade lá. E se não houver também não deve ser um problema, está buscando seus objetivos, seu sonho e tem de se orgulhar por ter coragem de seguir o seu caminho.

Como lidar com a questão da insegurança

Ao iniciar a jornada para sua nova fase profissional o medo e a insegurança podem surgir e ficar lhe passando pela cabeça que não deveria ter largado tudo para começar novamente. É normal isso acontecer, afinal, saiu de uma zona de conforto, largou uma estabilidade profissional ou mesmo se estava desempregado ou algo do tipo, está tentando algo NOVO.

Já falamos aqui que o novo assusta e por isso é preciso tomar alguns cuidados e seguir algumas dicas para superar essa insegurança pela idade e pelos novos desafios a serem superados. Veja as dicas:

Confie no seu potencial

Todos possuem um potencial a ser explorado, o que acontece é que nem todos trabalham para isso. É importante que saiba que é capaz, só terá de se esforçar muito e se dedicar mais do que um dia se dedicou na vida.

Você tem potencial para encarar uma nova faculdade, para seguir em uma nova profissão, basta confiar em sim mesmo que é capaz e assim conseguirá atingir os objetivos que tanto deseja.

Dedique-se mais do que nunca

A dedicação vai ser o carro chefe para você conseguir se superar a cada fase dessa nova jornada profissional. O curso da graduação vai exigir muito de você, por isso dedique-se o máximo que puder para absorver todo o conteúdo que eles estiverem lhe oferecendo.

Depois da graduação a dedicação deve continuar, pois agora estará cavando para conquistar um lugar ao sol, ou seja, uma ascensão profissional na nova área escolhida.

Desenvolva habilidades

Não existe essa de não consigo, o que você deve fazer é sempre tentar, nunca desistir. Todas as habilidades que não tiver vai trabalhar duro para desenvolvê-las e assim não se frustrar por não conseguir fazer alguma coisa.

Lembre-se, está tentando algo novo, é preciso paciência para aprender e começar a se familiarizar com a nova função, com as novas tarefas. Não desista nas primeiras dificuldades.

Pense que a idade não é um fator que pode te impedir de começar uma nova graduação, de investir em uma nova profissão. O único fator que pode te impedir disso é o medo de tentar. Por isso não hesite em se arriscar, viva intensamente. Mesmo que já tenha uma profissão consolidada, se o seu desejo é de mudança, faça! Mude! Tente e conquiste os seus objetivos.

Não deixe se abater com as dificuldades que terá. Todo começo é assim e com você não será diferente. Procure buscar o apoio de amigos e familiares para lhe apoiar nos momentos de insegurança. Todo apoio é fundamental, mas se tiver busque em si mesmo e encare como um estímulo lutar por uma profissão que te dará satisfação pessoal e felicidade em viver.

Dicas valiosas para escolher sua nova profissão

– Planeje sua escolha

– Identifique o que te faz verdadeiramente feliz

– Não tenha medo

– Não fique pensando em fracasso, fracasso é não tentar.

– Empenhe-se

– Busque motivação todos os dias

– E supere-se!

Com essas dicas ficará mais fácil encarar seu novo desafio, o início de uma nova faculdade, o começo de uma nova profissão. Boa sorte e sucesso!

 

Norberto Esteban é membro do Grupo ENGAGE e coach para Executivos e Empresários certificado pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC), além de ser formado em Administração de Empresas com ênfase em Gestão Empresarial e Negócios e MBA em Gerenciamento de Projetos pela FGV-SP, possui mais de 15 anos de experiência em negócios trazidos de sua carreira corporativa onde atuou como Gerente de Projetos, possui certificação internacional como Project Manager Professional (PMP®) pelo Project Management Institute (PMI), também atuou como Gerente Financeiro de Projetos e Business Controller em multinacionais de grande porte. Quer saber mais sobre o Coaching: http://www.mutoricoaching.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s